Duelo de titãs

Vencendo o preconceito
Duelo de titãs
Muitos são aqueles que acreditam que a redenção dos homens se encontra no esporte. Estou entre eles. Quando a bola rola, no momento de um mergulho e algumas braçadas ou num arremesso, os homens se transformam. Esquecem as diferenças que alimentam absurdos como as guerras religiosas, o choque entre brancos e negros, as crises econômicas e mesmo a disputa por petróleo ou territórios. O esporte consagra o que há de melhor na humanidade. Traz para o mundo o espírito de luta, de conquista, o suor, as lágrimas, a vontade e, tão importante quanto toda a competitividade, o respeito pelo oponente, a ética esportiva.Não que tapemos os olhos e ignoremos que, em determinados momentos, há trapaças e deslizes, maldade e sujeira no esporte. Infelizmente, ainda temos que conviver com figuras infelizes como cartolas, esportistas frustrados que usam de artifícios como o doping ou jogadas desleais que ameaçam a integridade dos oponentes. Porém, no geral, o esporte nos lega grandes alegrias. Quem entre os brasileiros consegue esquecer figuras geniais como Pelé, Garrincha, Ayrton Senna, Guga, Popó ou Gustavo Borges?Nos grandes eventos ou nos pequenos, vemos exemplos de superação. Muita garra, talento e dedicação permitem grandes surpresas, vitórias imprevisíveis. Sorrimos mesmo nas derrotas que nos permitem vislumbrar a grandeza dos competidores. Cena inesquecível de uma Olimpíada foi aquela em que uma competidora de um país europeu, no limite de suas forças, cruzou a linha de chegada, extenuada. O público aplaudiu de pé!O filme "Duelo de Titãs" mostra justamente isso. Como um grupo de jovens, comandados por um técnico determinado e durão, conseguiu vencer os desafios que se colocavam entre eles e a vitória e levou um time de futebol americano a um título consagrador.O filme, porém, vai muito além disso. Nos bastidores da preparação do time há uma questão das mais espinhosas, a racial. Os acontecimentos apresentados no filme se passam no início da década de 1970. Momento em que as escolas norte-americanas tinham que integrar brancos e negros em salas de aula e nas demais atividades escolares. Inclusive no esporte. A relutância dos dois grupos era notória, tanto os estudantes brancos quanto os negros não queriam aceitar essa integração de forma alguma.

Reações: 

5 Response to "Duelo de titãs"

  1. quinho says:
    28 de outubro de 2008 10:52

    NÒS ALUNOS DO POLIVALENTE DE ARATU,,ACHAMOS MUITO IMPORTANTE,,ESSE FILME ,,POIS CONHECEMOS MAS SOBRE A DISCRIMINAÇÂO SOCIAL,QUE EXISTE NO NOSSO PAIS,,NOS TEMOS QUE SABER QUE NOS TODOS SOMOS IGUAIS....[ALUNOS:SANDRO,UALESSON,UEDISON:SERIE;8M2:

  2. quinho says:
    28 de outubro de 2008 10:53

    NÒS ALUNOS DO POLIVALENTE DE ARATU,,ACHAMOS MUITO IMPORTANTE,,ESSE FILME ,,POIS CONHECEMOS MAS SOBRE A DISCRIMINAÇÂO SOCIAL,QUE EXISTE NO NOSSO PAIS,,NOS TEMOS QUE SABER QUE NOS TODOS SOMOS IGUAIS....[ALUNOS:SANDRO,UALESSON,UEDISON:SERIE;8M2:

  3. Rosanna says:
    29 de outubro de 2008 21:37

    Valeu meninos, concordo com vocês.
    Abs

  4. Anônimo Says:
    19 de setembro de 2010 15:41

    Boa noite,
    Vejo este filme como um momento de saber administrar coisas além do impossível.

  5. Rosanna says:
    22 de setembro de 2010 14:30

    Obrigada pelo comentário. Fico feliz em saber que esse espaço já ultrapassou os limites das escolas em que leciono.

    Luz e paz

Postar um comentário

Comentário:Ficarei feliz se você deixar um comentário!