O que é fato social?

Fato social

Continuando o trabalho iniciado por Comte, o de fazer da Sociologia uma ciência, numa visão positiva, surge nessa história o sociólogo francês Émile Durkheim (1858-1917). Dar à Sociologia uma reputação científica foi o seu principal trabalho.

É a partir desse pensador que a Sociologia ganha um formato mais “técnico”, sabendo o que e como ela iria buscar na sociedade. Com métodos próprios, a Sociologia deixou de ser apenas uma idéia e ganhou “status” de ciência.

Durkheim presenciou algumas das mais importantes criações da sociedade moderna, como a invenção da eletricidade, do cinema, dos carros de passeio, entre outros. No seu tempo, havia um certo otimismo causado por essas invenções, mas Durkheim também percebia entraves nessa sociedade moderna: eram os problemas de ordem social.

E uma das primeiras coisas que ele fez foi propor regras de observação e de procedimentos de investigação que fizessem com que a Sociologia fosse capaz de estudar os acontecimentos sociais de maneira semelhante ao que faz a Biologia quando olha para uma célula, por exemplo.

Falando em Biologia nota-se que o seu objeto de estudo é a vida em toda a sua diversidade de manifestações. As pesquisas dos fenômenos da natureza feitas pela Biologia são resultantes de várias observações e experimentações, manipuláveis ou não. Já para a Sociologia, manipular os acontecimentos sociais, ou repeti-los, é muito difícil. Por exemplo, como poderíamos reproduzir uma festa ou um movimento de greve “em laboratório” e sempre de igual modo? Seria impossível.

Os fatos sociais – objetos nas mãos

Mas Durkheim acreditava que os acontecimentos sociais – como os crimes, os suícidios, a família, a escola, as leis – poderiam ser observados como coisas (objetos), pois assim, seria mais fácil de estudá-los. Então o que ele fez ? Propôs algumas das regras que identificam que tipo de fenômeno poderia ser estudado pela Sociologia. A esses fenômenos que poderiam ser estudados por uma ciência da sociedade ele denominou de fatos sociais.

E as características dos fatos sociais são:

  • Coletivo ou geral – significa que o fenômeno é comum a todos os membros de um grupo;

  • Exterior ao indivíduo – ele acontece independente da vontade individual;
  • Coercitivo – os indivíduos são “obrigados” a seguir o comportamentoestabelecido pelo grupo.

Para entender melhor, veja o exemplo de um fato social: o casamento

As pessoas pensam, em um dia, se casar. Salvo algumas exceções, pois não pensamos todos da mesma forma, certo? Mas se fizermos uma pesquisa, veremos que a grande maioria das pessoas deseja se unir a alguém.

Então podemos dizer que o casamento é um fato coletivo ou geral, pois existe pela vontade da maioria de um grupo ou de uma sociedade. Mas ainda que alguém não queira se casar, a grande maioria das pessoas vai continuar querendo, não é mesmo?
Isso significa que o fato social “casamento” é exterior ao indivíduo. O que quer dizer que ele se constitui não como resultado das intenções particulares dos indivíduos, mas como resposta às necessidades ou influências do grupo, da comunidade ou da sociedade.

Outra coisa. Não é verdade que os mais velhos ficam nos “incentivando” a casar? “Não vá ficar pra titia, heim!”, “Onde já se viu! Todo mundo, um dia, tem que se casar!”. Com certeza você já ouviu alguém dizendo isso. Pois é. Esses dizeres nos levam a crer que o casamento também é coercitivo, pois nos vemos “obrigados” a fazer as mesmas coisas que fazem os demais membros do grupo ou da sociedade a que pertencemos.

Todo fato que reuna essas três características (generalização, exterioridade e coerção) é denominado social, segundo Durkheim, e pode ser estudado pela Sociologia. Quanto ao casamento, poderíamos estudar e descobrir, por exemplo, quais fatores influem na decisão das pessoas em se casarem e se divorciarem para depois se casarem novamente.

Perceba, então: Não apenas com o casamento... Essas regras são da mesma maneira aplicadas ao trabalho, à escola, à moda, aos costumes do nosso povo, à língua, etc.

Atividade

Para Drukeim , a sociedade só pode ser entendida pela própria sociedade. As ações das pessoas não acontecem por acaso. A sociedade as influencia. Você concorda com isso?

Reações: 

14 Response to "O que é fato social?"

  1. Anônimo Says:
    20 de maio de 2010 05:06

    Realmente a sociedade nos influencia em tudo no modo de comer,na forma que estudamos ou oque estudamos DRUKEIM realmente pensava assim e ele estava certo por que a sociedade ñ acontece por acasso mas sim ela esta em nosso redor em todo o momento nesse instante!

    nome:lucas dos santos turma:1v2

  2. Rosanna says:
    21 de maio de 2010 15:28

    Ok Lucas, valeu pelo comentário.

    A sociedade realmente nos influencia e até condiciona.

    Forte abraço

    Rosanna

  3. Anônimo Says:
    22 de maio de 2010 18:48

    Tudo que fazemos, tudo que falamos, a sociedade
    já se espera issu. A cada dia somos influenciados pela sociedade. Eu concordo com a afirmação de DRUKEIM pq não fazemos o que queremos, fazemos o que a sociedade quer que ela faça.
    Para nós cada acontecimento é uma coisa nova mas para a sociedade não, é isso que ela esta esperando.

    Ramon

  4. Anônimo Says:
    25 de maio de 2010 12:14

    com certeza ele estar correto, pois nós somos vivemos em uma sociedade em que, saiu uma moda, tem que comprar, ou então não está apto para fazer parte da mesma.
    Com isso somos a todo tempo manipulados por uma sociedade desconhecida, em nem mesmo nós sabemos como lidar com ela!

    Laiane, 1ºv²

  5. Anônimo Says:
    26 de maio de 2010 15:18

    Concordo plenamente com o pensamento de Durkheim.
    Todas as ações q fazeemos têm uma forte influência da Sociedade, pois é ela quem nos faz agir de certa maneira para que não sejamos criticados posteriormente nem sejamos menosprezados pelos outros indivíduos que compõem a Sociedade. A Sociedade nos impõem um modo de vida "padrão", onde todos tem que seguir passo-a-passo.
    --
    Colégio Polivalente de Aratu
    Aluno: Michael de Sousa Cruz
    Ano: 1º V²

  6. Rosanna says:
    27 de maio de 2010 02:36

    Olá pessoal,

    Obrigada pela contribuição.

    Luz e paz a todos,

    Rosanna

  7. Anônimo Says:
    27 de maio de 2010 07:52

    realmente a sociologia nos influencia muito não so no nosso modo de pensar mais de agir, pois é ela que nos faz agir de certa maneira para que não sejamos criticados posteriormente nem sejamos menosprezados pelos outros indivíduos que compõem a Sociedade. comcordo plenamente com a afirmacão de Durkheim pq não fazemos o que queremo e sim o que a sociedade nos empõem a fazer.
    Sociedade tambem nos impõem um modo de vida "padrão", onde todos tem que seguir passo-a-passo.

    colégio polivalente de aratu
    aluna: adriele santos da cruz
    ano:1v1 turno:vespertino

  8. Rosanna says:
    27 de maio de 2010 18:38

    Ok! Adriele,

    Valeu pela contribuição.

    Luz e paz

    Rosanna

  9. Anônimo Says:
    28 de outubro de 2010 13:43

    Justamente quando pensamos que agimos por nossas próprias vontades,é ai que a influência da sociedade entra,quando nascemos ja estamos sobre esta forte influencia e nao ha como fugir dela ou tentar rebelar-se,somos seres sociaveis,vivemos em uma sociedade.
    somos caracterizados por isso.
    Nao há como mudar.



    nome:Cassiane P. Azamor
    CURITIBA,PR

  10. Rosanna says:
    28 de outubro de 2010 15:55

    OI Cassiane,

    Obrigada pela participação. concordamos com você. Realmente estamos sob a influência da sociedade que nos domina.

    luz e paz

  11. mercia says:
    6 de maio de 2011 13:35

    Mércia concordo pois a sociedade é uma relaçoes entre individuos pois se nao houvessem a sociedade ela nao seria estudada portanto a sociedade deve ser estudada em seu desenvolvimento historico e nao como em simples grupo de gente e sim com seres sociais.

  12. Francisca Valério Says:
    6 de junho de 2011 06:49

    Somos partes desse imenso tabuleiro que é a sociedade, jogamos de acordo com as suas regras, nada mais nada menos.No menor vacilo você é excluido.Durkheim está certo quando afirma que não fazemos o que queremos, e sim o a sociedade impõe.

  13. Humberto Fioravante Ferro says:
    20 de agosto de 2011 08:30

    Belo resumo, Rosana! Obrigado!!

  14. Anônimo Says:
    25 de junho de 2012 10:42

    É sempre bom citar as referências...

Postar um comentário

Comentário:Ficarei feliz se você deixar um comentário!